quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Na luta Brasil x PT esperamos que o exército brasileiro esteja ao nosso lado


       Tomando uma postura mais digna de um ditador do que propriamente de um ex-presidente, Lula, em sua “encenação” em defesa da Petrobras menosprezou a importância do exército brasileiro. Ao tentar vender a imagem de que a democracia brasileira corre perigo e de que existe um golpe em andamento contra o governo brasileiro, o líder petista prefere contar com a intervenção do exército de Stedile, ou seja, o exército do MST.
      
      No auge de seu desespero, Lula e o PT já nem fazem questão de esconder que não toleram as manifestações dos brasileiros contra a corrupção na Petrobras e contra o mau governo de Dilma. Ao invés de tentar unir a nação, o ex-presidente incita o ódio e a violência como forma de intimidar o povo brasileiro a não comparecerem em eventuais manifestações contra o governo federal.
      
      No dia 15 de março ocorrerão manifestações em diversas cidades do Brasil pedindo o impeachment de Dilma e se o exército da foice e martelo for para as ruas como é da vontade de Lula, que o exército brasileiro esteja ao nosso lado. Se querem guerra, de um lado estará Lula e o PT e do outro o povo e o exército brasileiro.

Postar um comentário